AS DUAS MOSCAS

FacebookGoogle+

PARTE

Contam que certa vez duas moscas caíram num copo de leite.

A primeira era forte e valente, assim logo ao cair nadou até a borda do copo, mas como a superfície era muito lisa e ela tinha suas asas molhadas, não conseguiu sair.

Acreditando que não havia saída, a mosca desanimou, parou de nadar e de se debater e afundou.  Sua companheira de infortúnio, apesar de não ser tão forte, era tenaz. Continuou a se debater, a se debater e a se debater por tanto tempo, que aos poucos o leite ao seu redor, com toda aquela agitação, foi se transformando e formou um pequeno nódulo de manteiga, onde a mosca conseguiu, com muito esforço, subir e dali levantar vôo para algum lugar seguro.

Esta história é um elogio à persistência, que sem dúvida, é um hábito que nos leva ao sucesso.
Mas…


2º PARTE

Tempos depois a mosca, por descuido ou acidente, novamente caiu no copo.

Como já havia aprendido em sua experiência anterior, começou a se debater, na esperança de que, no devido tempo, se salvaria. Outra mosca, passando por ali e vendo a aflição da companheira de espécie, pousou na beira do copo e gritou: “Tem um canudo ali, nade até lá e suba pelo canudo”.

A mosca tenaz não lhe deu ouvidos, baseando-se na sua experiência anterior de sucesso, continuou a se debater e a se debater, até que, exausta afundou no copo cheio de…água.

Fazemos isto quando não conseguimos ouvir aquilo que quem está de fora da situação nos aponta como solução mais eficaz e, assim, perdemos a oportunidade de “reenquadrar” nossa experiência.

Ficamos paralisados, presos aos velhos hábitos, com medo de errar.

“Reenquadrar” é permitir-se olhar a situação atual como se ela fosse inteiramente diferente de tudo que já vivemos. “Reenquadrar” é buscar ver através de novos ângulos, de forma a perceber que, fracasso ou sucesso, tudo pode ser encarado como aprendizagem.

Quantos de nós, baseados em experiências anteriores, deixamos de notar as mudanças no ambiente e ficamos nos esforçando para alcançar os resultados esperados até que afundamos na nossa própria falta de visão?

Recommend to a friend

Comentários

  1. Mhmad disse:

    Dear Homeschool Gurls, I would like to start off by saying thank you, so THANK YOU!!1! I would like to begin by tilnelg you how much I appreciate you’re advice for us homeschoolies (daughters age seven and thirteen! I’ll send pictures of them to you on your email!)Since the dawn of time, mothers have had daughters. I love my daughters and I love your blog (i think I love your blog more)It’s time we fight in battle for us homeschoolies. People don’t understand us!!!.Public school is full of people. We tried to avoid that, but we still go to the grocery store (sometimes!!!!) ;-DHere’s a poem that i read to my homeschoolies once a week: Roses are red,Violets are violet,Let mama keep you in her arms,safe and warmLove and blessings,Juliette